As Minhas Escolhas · Dicas de Estilo · MODA e ESTILO

Montar Looks utilizando uma “Peça-Problema” – 5 Dicas de Ouro

Todo mundo, ou quase, tem em casa uma peça de roupa que achou linda na loja, comprou e depois não consegue usar, não é verdade? Isso é o que chamo de “Peça-Problema”. Se você não sabe como montar looks utilizando este tipo de roupa, este post pode te ajudar!

Na verdade, é tudo muito simples, e na grande maioria das vezes (mas não todas), o problema está mais na nossa cabeça do que na peça de roupa…

Tem aqueles casos, em que a roupa, ou ficou folgada demais, ou apertada demais…. As vezes a gente força a barra, e depois a culpa é da roupa, né?? rsss….

Mas quando esta não for a situação, montar looks utilizando uma “Peça-Problema” pode virar um desafio muito legal para a sua criatividade, e é por aí que eu começo: desafiando-me!

Como Montar Looks utilizando uma “Peça-Problema”

A primeira coisa a analisar, é a relação desta peça com o nosso tipo de corpo. Se ambos combinarem, ótimo. Certamente o desafio, já caiu em mais de 50% no seu nível de dificuldade. Porém, caso não combine com o seu biotipo….aí complica mais um pouco, mas nada que não se possa superar!! Então o que você deve fazer é pensar em como ressaltar as outras partes do seu corpo, onde o foco não esteja no problema – mas faça isso, depois do passo a seguir.

Se você deseja entender tudo sobre o seu tipo de corpo, clique aqui.

A segunda coisa  para conseguir montar looks interessantes é analisar as cores da sua roupa problemática e se for estampada, observar atentamente quais os tons de cores que compõe a estampa. Daí seguiremos analisando as possíveis peças para combinar, fazendo uma combinação monocromática  – com ou sem variação nos tons, ou seja, ou da mesma cor ou os famosos tons sobre tons). Pode ser também as que possuam cores análogas (vizinhas, lado a lado no círculo cromático), ou as que são as complementares (ou as que contrastam entre si, ou seja, estão em lados opostos no círculo cromático).

montar-looks

O que vai definir a sua escolha de cores são os seguintes itens:

  • O seu estilo – se gosta de combinar cores entre si, escolha as análogas.  Já se gosta de causar algum impacto visual, opte pelas complementares.
  • Lembre-se também de ponderar quais são as cores que combinam com o seu tom de pele. (Tem gente que vai me bater pelo que vou falar agora… Apesar de achar este fator super importante, não o considero fundamental, porque primordialmente, nós é temos que gostar das cores em nós mesmas. Depois deste fator, aí sim, para mim, vem o fator combinação com o tom de pele – Sou um pouco avessa às regras muito rígidas! Mas a análise cromática ajuda sim, a apontar quais cores te favorecem ou não).
  • Lembre-se que o trio Azul, Verde e Roxo são das cores frias e o trio Vermelho, Laranja e Amarelo são quentes.
  • Não esqueça do seu estado de espírito + a comunicação que quer transmitir por meio da sua imagem.

Para entender melhor sobre estilo pessoal, clique aqui.

Eu particularmente, tenho uma característica, que faz parte da individualização do meu estilo, e que me ajuda muito na hora de montar looks utilizando uma “peça-problema”, mas que talvez, você possa se identificar. Em muitos casos, gosto de contrastar em grandes áreas e combinar em pequenas áreas. Ou seja, se opto por usar cores contrastantes na roupa, opto por combinar os acessórios, ou combinar os acessórios com o tom menos vibrante da roupa. 🙂 E por mais que isso pareça complicado…. kkkkk, Não é. Requer apenas um pouco de atenção e com o tempo torna-se instintivo e muito natural. O seu jeito, pode ser diferente do meu. Não se prenda a uma regra ou a um jeito. Encontre o seu. Eu posso te ajudar nisso…hehehehehe.

O Terceiro passo é analisar os acessórios. A dica das cores, encaixa-se perfeitamente aqui também e vai depender da sua intenção. Você pode usar um look totalmente monocromático (ou de tons sobre tons) e contrastar com a cor do sapato ou da bolsa, ou mesmo de ambos…. Veja que exemplo legal (infelizmente não sei quem foi o(a) autor(a) da montagem, porque eu gostaria de dar o crédito).

montar looks

OBS: A última imagem, parece monocromática, mas observe os acessórios para entender porque é tríade.

O quarto passo é analisar se as peças escolhidas conversam entre si, ou se a sua mistura, te dará a informação correta do que você quer transmitir. Por exemplo: se quero dizer que sou uma pessoa despojada e criativa, posso combinar a minha peça-problema, uma pantacourt de seda em tie-dye, com um tecido mais natural e de cor vibrante e usar acessórios mais ousados e coloridos. Já se quero transmitir mais seriedade e elegância, procuro tecidos similares e uma cor um pouco mais neutra para combinar com ele…. tudo isso, sem deixar de ser quem você é…apenas fazendo uma comunicação correta.

O quinto passo está na prova dos looks. Para tirar a prova dos 9, se realmente conseguimos montar um look legal, é colocando-o à prova no espelho e pesando cada parte do nosso corpo que chegaremos a esta conclusão. Olhar o rosto e ver se não tem informação demais ou de menos, e assim por diante no restante do nosso look. Dos pés à cabeça. A “peça-problema” tem que fazer parte do contexto ou da “estória” que você está querendo contar.

Veja como fiz para montar looks:

A minha “peça-problema” é esta pantacourt de seda em tie-dye (que eu ganhei da minha sogra) e já customizei, porque não era uma pantacourt. Apesar de achá-la linda e com muito potencial para looks super bacanas, a modelagem dela me deixa muito retangular e, principalmente, por causa do seu franzido excessivo na cintura, acentua ainda mais a minha barriguinha…a depender da forma como uso.

1º Look

montar-looks

Optei por tons análogos, no look como um todo. Alternei os sapatos e a forma de usar a blusa para disfarçar a barriga e ocultar um pouco o volume do franzido. Tentei mostrar duas comunicações diferentes usando a mesma roupa. No primeiro caso, estou um pouquinho mais elegante e digo que sou atenta aos detalhes, porém não tão formalmente. Já no segundo caso, estou mais relaxed e despojada, mas sem deixar de dar atenção aos detalhes. A forma de usar o colar e blusa mostram muito isso. Em todos os casos mantenho, nas entrelinhas, a elegância (que é o meu estilo base e predominante) em pelo menos um item da composição. Existe uma harmonia entre os acessórios escolhidos.

2º Look

montar-looks

Já nessa composição, resolvi harmonizar as cores, utilizando um tom na parte superior que tivesse alguma semelhança com algum da estampa. Na minha análise cromática, o nude não me favorece muito, mas eu gosto e muito….então adivinhem só? Eu uso e muito!! kkkkk. Claro que procuro alguns tons de nude que tenham algum destaque no meu tom de pele e esse é o truque…. ir procurando adaptações, se você quiser de toda maneira, usar o que não te favorece tanto.

Desta vez, como queria algo mais elegante, procurei proximidade no tipo de tecido e optei pela seda no look todo. No primeiro caso, de repente, a sandália laranja, que no segundo look do exemplo anterior (no laranja), não se sobressaiu tanto, desta vez gritou. Então, resolvi o problema trocando todos os acessórios. O cinto chamativo de metal (que está um pouco fora da moda, mas se eu gosto, eu uso) apesar de trazer o olhar para a cintura, ajudou a delimitar a região e emblusar a blusa, que atenuou os volumes que eu queria disfarçar e deixou o visual bem agradável. Detalhe importante: o scarpin nude e pontudo ajudou a alongar a silhueta, fator super importante, quando se usa uma pantacourt.

3º Look:

como-montar-um-look-

No último caso, resolvi aderir ao contraste e uma pegada mais cult e étnica. A tonalidade do verde e os acessórios, com toque envelhecido, trouxeram estes elementos para a comunicação que eu queria transmitir. Apesar das roupas serem de seda e simbolizarem, por si só, mais elegância e tradicionalismo, a mistura com os acessórios na tonalidade bronze em contraponto com a bolsa e o sapato em camurça, trouxe o equilíbrio desejado, tornando o visual bem contemporâneo.

Se você quiser saber mais como montar looks que sejam coerentes com o seu estilo e estejam comunicando o que realmente você pretende, veja como funcionam as Consultorias de Estilo

Consultoria de Estilo – Box 1

Consultoria de Estilo – Box 2

Consultoria de Estilo – Box 3

Consultoria de Estilo Online

Adivinhem qual foi o look que eu escolhi? Quem me acompanha no Instagram pode ter visto, porque eu postei lá que estava fazendo este post.:) Se não me acompanha nas redes sociais…. #ficaadica

Instagram: @encontre_seuestilo]

Facebook: Encontre Seu Estilo

Pinterest: Encontre Seu Estilo

Snapchat: EncontreEstilo

G+: Encontre Seu Estilo

Twitter: @Encontre_Estilo

Um Super Beijo,

Rose Prado

Rose Prado

Rose Prado

Designer de Moda, Pesquisadora de Moda e Consultora de Estilo e Gestora de Negócios de Moda
Rose Prado

Últimos posts por Rose Prado (exibir todos)

Vou amar ler e responder ao seu comentário ?