Consultoria de Estilo · CONSULTORIAS · Dicas de Estilo · MODA e ESTILO

7 DICAS QUE VÃO TE AJUDAR A ENCONTRAR O SEU ESTILO E A SER MAIS FELIZ!

Olá… pessoas lindas que fazem parte da minha vida!!

Gente, a mudança do Blog me trouxe alguns imprevistos e por conta disso, muita coisa atrasou para este ano de 2017… Mas não temos que lamentar o que passou. Agora está tudo bem!! Só tô deixando esse recadinho para que você entenda que tem coisas que são inerentes à nossa vontade e que o Universo sabe o tempo de tudo…. Tenhamos Fé!

Mas vamos ao que interessa e vamos começar do começo…rsss!!!

O trabalho de Consultoria de Estilo, Personal Stylist ou Consultoria de Imagem pode revelar muitas coisas sobre a personalidade das pessoas. Ele ajuda te ajuda a se perceber de uma forma mais íntima, particular e ao mesmo tempo persuasiva. Porém, é necessário entender que a “Varinha de Condão”, pertence a você mesma e não a nós, consultoras.

De uma maneira bem simplificada, somos a metodologia, as (os) tutoras (es), ou as fadas… rss… mas os segredos sobre si mesma, você é quem os guarda. A Varinha de Condão está na forma em como você vai compreender e seguir a metodologia (e é bom explicar que cada consultora tem a sua… Existem orientações gerais, mas cada uma vai adaptando o seu trabalho ao seu próprio estilo também…). O seu grau de envolvimento com o trabalho definirá o seu resultado. Não adianta apenas ouvir e não praticar, só reclamar sem tentar resolver. É preciso comprometimento e principalmente assimilar os novos hábitos….. e  esse é o motivo deste post.

#Dica 1

A primeira coisa quando falamos em Encontrar o Seu Estilo – “Ter Estilo” está em procurar o seu AUTOCONHECIMENTO. Isso é básico e extremamente necessário neste trabalho, porém, nem sempre tão fácil e rápido. Por isso, a metodologia de que falei vai orientar esse processo, por meio de uma entrevista super detalhada e focada nos seus objetivos. Mas obviamente, que você tem condições de encontrar várias respostas sozinha também e a maioria delas virá quando você estiver de frente para o espelho… ou pensando em você mesma. Exatamente. A Consultoria é um momento seu… e só seu.

Questões sobre: o que você gosta de fazer, como é o seu dia a dia, como você concilia obrigações com o lazer, o que te dá empolgação e o que te desanima, como você se enxerga, que tipo de corpo acha que tem, etc…. Ou seja, pensar um pouco sobre si mesma, sobre a sua rotina, mas pensar também, em que tipo de imagem – que fale sobre você, gostaria de comunicar às pessoas!

#Dica 2

Durante a consultoria, falamos muito sobre os vários estilos que existem por aí, com exemplos, imagens e life styles de pessoas variadas.  É necessário que você amplie o repertório de imagens e estilos para que possa se inspirar em algum deles ou criar o seu em particular, que pode acumular REFERÊNCIAS de um ou mais estilos. Ou seja, esta pesquisa, aliada com o que revelar a entrevista de autoconhecimento vai nos dar o “norte” para começarmos o nosso trabalho prático.

#Dica 3

Como trabalhei 16 anos dando consultorias para empresas do setor têxtil – confecções e lojas de atacado e varejo, acabei por entender que em muitos momentos é preciso retroceder para avançar. Trazendo isso para a Consultoria de Estilo, precisamos fazer uma avaliação de tudo que temos no nosso guarda-roupa (se for uma consultoria completa, pois tem clientes que querem trabalhar questões mais pontuais, como o que usar em determinada ocasião, etc..).

Eu chamo isso de DLOM, que é baseado no método de organização japonês 5S (muito usado para empresas que querem certificação de qualidade), porém um pouco mais simplificado, o que já é o suficiente para o nosso trabalho.

Consiste em:

D – Descarte

L – Limpeza

O – Organização

M – Manutenção

Este processo será destrinchado ao longo da consultoria em outras fases. Neste início, precisaremos do Descarte, que nada mais é do que darmos um fim a coisas encalhadas ou sem uso. É fazer um desapego mesmo. O que não nos serve, o que está muito velho, o que não combina mais com a nossa idade ou com a nossa personalidade…. Enfim… desapegar e dar um fim, que pode ser o lixo, a doação ou a recuperação (consertos ou customizações) com a ajuda de uma costureira. Esse processo é super importante e além de dar uma nova energia ao ambiente (closet ou guarda-roupa) nos possibilita uma visão geral e muito mais precisa do que dispomos para trabalhar. Essa parte é trabalhosa e requer disposição, mas gera excelentes resultados e nos dá muito ânimo para seguirmos adiante com a missão de encontrarmos o seu estilo, com o que já temos (olha que bom) e esporadicamente, complementando com compras inteligentes….que falaremos em seguida.

#Dica 4

Durante o trabalho de consultoria e montagem dos looks baseado no seu processo de autoconhecimento, da busca por referências e após o tão temido desapego, começaremos a criar a sua nova imagem e a compreender o que te favorece e o que nem tanto assim… (mesmo que goste muito de determinada coisa). Você aprenderá a fazer escolhas e a criar prioridades, tipo: prefiro o conforto à elegância, ou vice-versa…. Vai definir os seus objetivos e compreender as suas escolhas. Isso vai determinar a montagem dos looks e como se dará o passo a passo de todo o processo.

Antes de voltarmos a organizar o closet ou guarda-roupa é preciso executar a fase L do DLOM, que é a limpeza, seguida da fase O, que consiste no reposicionamento das peças no seu espaço, de forma que fiquem mais responsivas às suas necessidades.

Em seguida começaremos a listar o que se torna imprescindível para o seu novo estilo e que você ainda não tem. Daí o termo “COMPRAS INTELIGENTES”. Ou seja, não sairemos por aí comprando tudo que achamos bonito ou baratex ou mesmo peças da promoção e sim, compraremos o que for necessário e por ordem de prioridade. Isso é muito importante. Além disso, essas novas aquisições precisam estar inteiramente interligadas com o que você já possui, para que haja uma multiplicação nas possibilidades de uso das coisas novas e das que você já possuía.

#Dica 5

Comprar é muito bom. Quem não gosta! Tem quem diga que é uma terapia até… rss. Mas vivemos outros tempos, em que comprar por comprar, além de não nos levar a nada, depois ainda nos traz um peso na consciência. Comprar coisas baratas demais ou caras demais também pode não ser legal, a depender das circunstâncias. Por exemplo: roupas baratinhas demais costumam não ter durabilidade. Se for um item que é de temporada, que você esteja ciente de que realmente só vai usar por uns seis meses ou no máximo um ano, até que vale. É o conhecido (amado e odiado por muitos) – Fast Fashion! (Depois explico melhor sobre ele em outro post).

Mas se você quer roupas boas, atemporais, que nunca saiam de moda, que estejam coerentes com o seu estilo, você deve entender que precisa investir um pouco mais. A qualidade e a não exploração de trabalho escravo e/ou infantil, tem o seu preço. Esteja consciente disso. Por outro lado, você vai usar estas roupas por um bom tempo e isso é muito bom. Este é o também amado e odiado por muitos, o Slow Fashion.

Por tanto, NÃO SEJA VÍTIMA DA MODA. Entenda de moda!!

 

#Dica 6

Ter Consciência e PERMANECER CONSCIENTE. É fundamental que você não se esqueça dos seus objetivos, que você mantenha o seu foco tanto no seu dia a dia quanto na hora das compras, pois infelizmente a sua Consultora de Estilo não vai estar ao seu lado o tempo todo. Por isso, durante todo o processo, são feitos vários registros de anotações e fotográficos, são criadas listas de apoio e um guia personalizado para te orientar sempre que você tiver alguma dúvida. E lembre-se que o processo evolutivo deve ser constante. Por isso, até que você sinta-se totalmente segura, talvez precise da sua consultora mais algumas vezes e isso é normal. Pondere sempre entre a vontade e a real necessidade de comprar.

 

#Dica 7

OBSERVE OS DETALHES, pois estes fazem realmente a diferença. Pense que: em tudo na vida há pelo menos um lado a ser aproveitado. Observe o que fazer, o que não fazer. Observe detalhes de um certo modismo que podem se encaixar no seu estilo. Observe pessoas e comportamentos, os lugares e principalmente a qualidade das coisas e pessoas. Observe, Inspire-se  e Experimente apenas o que te fará uma pessoa feliz, com o que consiga traduzir em imagens, o que você representa para o mundo. Mas lembre-se sempre que: com coerência e bom senso tudo fica mais tranquilo na vida!!!

Um Super Beijo,

Rose Prado

 

Rose Prado

Rose Prado

Designer de Moda, Pesquisadora de Moda e Consultora de Estilo e Gestora de Negócios de Moda
Rose Prado

Vou amar ler e responder ao seu comentário ?